Star Center

pt Português
Home / Sem categoria / Qualidade do ar – Os desafios e objetivos para Data Centers, Hospitais e Laboratórios

Qualidade do ar – Os desafios e objetivos para Data Centers, Hospitais e Laboratórios

Qualidade do ar – Os desafios e objetivos para Data Centers, Hospitais e Laboratórios

Conforto térmico e qualidade do ar são importantes para qualquer experiência, mas, quando falamos sobre algumas áreas de atuação, a qualidade do ar é fator primordial para segurança, saúde e funcionamento de operações inteiras. 

 

Aqui você vai encontrar:

Qual a diferença entre conforto térmico e qualidade do ar?

O impacto da qualidade do ar em Data Centers, Hospitais e Laboratórios.

Desafios de um projeto de climatização para o funcionamento ininterrupto do sistema de climatização.

Objetivos de um projeto de climatização para Data Centers, Hospitais e Laboratórios.

 

Sistemas de climatização são complexos. Projetos de engenharia que contemplam este mercado não requerem apenas experiência e seriedade, mas um compromisso contínuo com a tecnologia, inovação e particularidades para a implantação. Um fato que precisamos levar a sério é que ambientes que exigem qualidade do ar não só miram a experiência dos usuários, mas a segurança e funcionamento de toda uma operação. Vai muito além de um conforto térmico, de sentir um pouco de calor ou frio demais. Estamos falando sobre downtimes, contaminações e processos que precisam ser interrompidos em caso de falhas.  

É sempre necessário avaliar todos os desafios e objetivos para encontrar a melhor solução, aquela que vai promover a excelência e resguardar os usuários de adversidades e aborrecimentos em suas rotinas corporativas. Para entendermos melhor o “Como?”, vamos, primeiro, esclarecer pontos importantes sobre o tema.

 

Qual a diferença entre conforto térmico e qualidade do ar?

 

O conforto térmico e a qualidade do ar são dois aspectos distintos dos sistemas de climatização, e podem afetar o conforto e a saúde das pessoas de diferentes maneiras.

O conforto térmico está muito ligado a experiência que o usuário tem no ambiente, que é determinado pela combinação de alguns fatores, sendo eles: temperatura do ar, umidade relativa e movimento do ar. Os sistemas de climatização são projetados para manter uma faixa de temperatura confortável e fornecer controle térmico em espaços internos. O objetivo é garantir que as pessoas não sintam muito calor nem muito frio e possam trabalhar ou relaxar confortavelmente.

Por outro lado, a qualidade do ar está ligada ao nível de poluentes, alérgenos e outros contaminantes. O sistema de climatização aqui tem a função de filtrar e promover a ventilação adequada, gerenciando os níveis de umidade e removendo as partículas nocivas à saúde das pessoas.

 

O impacto e desafios da qualidade do ar em Data Centers, Hospitais e Laboratórios.

 

Como já dito anteriormente, a qualidade do ar pode ser um sério problema para a saúde dos usuários, deixando as pessoas expostas a mofos, bactérias e compostos orgânicos voláteis (COVs), que podem afetar o sistema respiratório, causar alergias e outros problemas. Em casos extremos, a má qualidade do ar também pode representar um risco à segurança, gerando o acúmulo de monóxido de carbono ou outros gases tóxicos.

Além disso, também temos outro fator de relevância que precisa entrar em pauta: a vida útil do equipamento de climatização. O acúmulo de sujeira, poeira e outros contaminantes no sistema pode causar problemas mecânicos, reduzindo a eficiência e levando a reparos ou substituições dispendiosas. Tanto para a área da saúde quanto para sistemas que requerem operação ininterrupta (como Data Centers, por exemplo), esses impactos estão sempre no mapa de preocupações.

 

Por que o sistema de climatização de um Data Center não pode parar? 

 

O sistema de climatização de um Data Center é fundamental para manter as condições ambientais necessárias para o bom funcionamento dos equipamentos de TI. O sistema é responsável por regular os níveis de temperatura e umidade, garantindo ventilação e circulação de ar adequadas para evitar o acúmulo de calor e umidade que podem danificar os equipamentos.

Em um Data Center, o equipamento de TI gera uma quantidade significativa de calor enquanto opera, e esse calor deve ser removido para manter um ambiente operacional estável. Se o sistema de climatização falha, os níveis de temperatura e umidade tornam-se instáveis, gerando superaquecimento. Além disso, um desligamento repentino do sistema de climatização pode causar uma mudança abrupta nos níveis de temperatura e umidade, gerando uma formação de condensação no equipamento. Isso resulta em danos causados ​​por água e curtos-circuitos elétricos, por exemplo.

 

Por que o sistema de climatização de hospitais e laboratórios não pode parar? 

 

O sistema de climatização para essas áreas é fundamental para manter condições seguras e saudáveis ​​para pacientes, funcionários e pesquisadores. Esses ambientes requerem controles específicos de temperatura, umidade e ventilação para evitar a propagação de contaminantes. A qualidade do ar aqui é imprescindível para promover: 

 

Controle de Infecção

Hospitais e laboratórios são projetados para prevenir a propagação de doenças infecciosas e outros contaminantes. Os sistemas de climatização desempenham um papel crítico na manutenção da qualidade do ar adequada e na prevenção da transmissão de patógenos transportados pelo ar. 

 

Integridade da pesquisa 

Laboratórios exigem controles ambientais precisos para manter a precisão e a integridade dos dados da pesquisa. Mudanças na temperatura, umidade ou qualidade do ar podem afetar resultados, ou comprometer a segurança dos profissionais.

 

Proteção de equipamentos

Hospitais e laboratórios utilizam equipamentos especializados que requerem condições ambientais específicas para funcionar adequadamente. O sistema deve manter a temperatura, umidade e qualidade do ar adequadas para evitar falhas ou danos ao equipamento.

 

Conforto do paciente

A qualidade do ar é importante para um ambiente confortável e estável, que promove a cura e recuperação do paciente. O sistema de climatização desempenha um papel crítico na manutenção dos níveis adequados de temperatura e umidade para promover o bem-estar.

 

Objetivos de um projeto de climatização para Data Centers, Hospitais e Laboratórios.

 

Os objetivos são semelhantes, mas o resultado para cada um deles é um pouco diferente. Neste ponto, é importante ressaltar que todos os objetivos presentes em um projeto devem ser avaliados por uma equipe completa de especialistas em engenharia da climatização. Só assim é possível promover a segurança e alcançar a verdadeira qualidade do ar para:

 

  • Manter um ambiente operacional estável, evitar o superaquecimento e manter a faixa de temperatura operacional recomendada. Regular os níveis de umidade e garantir a ventilação ideal, evitando o acúmulo de poeira e contaminantes que podem danificar o equipamento de Data Centers.

 

  • Promover um ambiente seguro e saudável para pacientes, funcionários e visitantes, controlando os níveis de temperatura e umidade para promover o conforto e evitar a propagação de doenças infecciosas. Além disso, é importante manter um controle ambiental preciso para apoiar as atividades de pesquisa e ventilação adequada para remover contaminantes transportados pelo ar e evitar a contaminação em hospitais e laboratórios. 

 

Data Centers, hospitais e laboratórios operam sob missão crítica, e só um trabalho especialista, inovador e tecnológico pode promover a verdadeira segurança e qualidade do ar. Acesse aqui para saber mais sobre as soluções STAR CENTER.

Leia também:

Edifícios corporativos: como o conforto térmico de um ambiente climatizado melhora muito a vida das pessoas? 

A inovação que está no DNA, você pode ver!

GOSTOU DESTE POST? COMPARTILHE!